Como escolher uma boa corretora

Como escolher uma boa corretora

No artigo de hoje, vamos falar quais são os pontos a observar para escolher uma boa corretora.

Como escolher uma boa corretora

Quando estamos iniciando nossa jornada de investimentos, a primeira decisão que enfrentamos é a escolha de uma corretora.

Como ainda não sabemos muita coisa sobre investir, ficamos meio apreensivos. Afinal, vencer o medo de investir já é uma grande barreira. 

O maior medo agora é encontrar uma corretora confiável com uma boa plataforma.

No artigo de hoje vou falar sobre 3 características que acho importante observar em uma corretora.

Antes de começar, queria alertar: durante nossa jornada de investimentos vamos trocar algumas vezes de corretora, então não se preocupe em escolher “a melhor corretora de todas”.

Quer saber como analisar ações? Temos um guia completo sobre o assunto.

1 – Abrir uma conta na corretora é de graça 

Nenhuma corretora “séria” cobra pela taxa de abertura da conta. Não é comum que exista uma taxa ou cobrança para a abertura de conta em uma corretora. As taxas que podem ser cobradas são taxas de corretagem quando compramos ou vendemos investimentos, taxas de administração para produtos de renda fixa e taxas de custódia e de manutenção de conta

Atualmente, com o aquecimento do mercado, algumas corretoras estão tirando as  taxas para investimentos como Tesouro Direto, Fundos Imobiliários e até Ações

Algumas corretoras cobram valores fixos para cada ordem de compra ou venda de ações. Essas taxas de corretagem podem ser de 1, 5, 10, 20 reais ou outros valores. Mas atenção, essas taxas de corretagem, quando muito altas, podem afetar nossos aportes. 

Especialistas aconselham não pagar mais de 2% de corretagem do valor total que você quer investir. 

Para alguns outros investimentos também existem outras taxas, como a taxa de custódia cobrada pela B3 (nossa bolsa de valores) para Tesouro Direto. Essa taxa de custódia é de 0,25% ao ano. Mas lembrando que essa taxa não é da corretora, e sim da própria B3.

2 – Aplicativo fácil e intuitivo 

Um dos pontos fortes que uma corretora tem que apresentar é ter um bom aplicativo para smartphone. 

Segundo o site Ezoic, o acesso a internet via celular cresceu 600% de 2010 a 2015 e só tende a aumentar mais.No artigo de hoje, vamos falar quais são os pontos a observar para escolher uma boa corretora. Como escolher uma boa corretora Quando estamos iniciando nossa jornada de investimentos, a primeira decisão que enfrentamos é a escolha de uma corretora. Como ainda não sabemos muita coisa sobre investir, ficamos meio apreensivos. Afinal, vencer o medo de investir já é uma grande barreira. O maior medo agora é encontrar uma corretora confiável com uma boa plataforma. No artigo de hoje vou falar sobre 3 características que acho importante observar em uma corretora. Antes de começar, queria alertar: durante nossa jornada de investimentos vamos trocar algumas vezes de corretora, então não se preocupe em escolher "a melhor corretora de todas". 1 - Abrir uma conta na corretora é de graça Nenhuma corretora "séria" cobra pela taxa de abertura da conta. Não é comum que exista uma taxa ou cobrança para a abertura de conta em uma corretora. As taxas que podem ser cobradas são taxas de corretagem quando compramos ou vendemos investimentos, taxas de administração para produtos de renda fixa e taxas de custódia e de manutenção de conta. Atualmente, com o aquecimento do mercado, algumas corretoras estão tirando as taxas para investimentos como Tesouro Direto, Fundos Imobiliários e até Ações. Algumas corretoras cobram valores fixos para cada ordem de compra ou venda de ações. Essas taxas de corretagem podem ser de 1, 5, 10, 20 reais ou outros valores. Mas atenção, essas taxas de corretagem, quando muito altas, podem afetar nossos aportes. Especialistas aconselham não pagar mais de 2% de corretagem do valor total que você quer investir. Para alguns outros investimentos também existem outras taxas, como a taxa de custódia cobrada pela B3 (nossa bolsa de valores) para Tesouro Direto. Essa taxa de custódia é de 0,25% ao ano. Mas lembrando que essa taxa não é da corretora, e sim da própria B3. 2 - Aplicativo fácil e intuitivo Um dos pontos fortes que uma corretora tem que apresentar é ter um bom aplicativo para smartphone. Segundo o site Ezoic, o acesso a internet via celular cresceu 600% de 2010 a 2015 e só tende a aumentar mais. Cada vez mais usamos o celular para nos informar diariamente sobre notícias, checar o saldo da conta corrente e pagar contas. Não seria diferente quando se trata de nossos investimentos. O aplicativo da corretora deve ser intuitivo, disponibilizando informações sobre saldo e divisão do portfólio. Os investimentos disponíveis para a compra também devem ser fáceis de achar. Além disso, a corretora também deve oferecer um Home Broker eficiente em sua versão mobile, mostrando o preço atualizado dos ativos e as últimas ordens de compra e venda. O App também não deve travar constantemente, nos possibilitando fazer modificações no nosso portfólio, assim como trazer transferências para nosso banco. Um modo de saber se a corretora tem um aplicativo eficiente é ler os comentários dos usuários nas redes sociais. Se os comentários sobre o App forem mais negativos do que positivos talvez seja melhor pesquisar outra corretora. 3 - Canais eficientes de atendimento ao investidor O atendimento ao investidor deve ser a prioridade de uma corretora. Não existe algo mais frustrante do que não ter uma resposta rápida para uma pergunta sobre seus investimentos. Como intermediária entre você e seus investimentos, a corretora deve estar sempre disponível para resolver problemas. Aqui podem estar problemas como bloqueio de conta, informações sobre algum direito de subscrição ou migração de ações. Para verificar se a corretora tem um bom canal de atendimento, observe nas redes sociais se elas respondem os comentários dos seguidores. Mandar um e-mail com perguntas também pode ser uma opção. As perguntas podem ser sobre taxas ou serviços exclusivos que elas oferecem. Assim, podemos ver essa resposta é dada com agilidade. Além dessas opções, ainda existe o chat do site/App da corretora. Ao explorar esse meios, podemos sentir se existe se estes oferecem um atendimento personalizado. Reforço mais uma vez que não existe a melhor corretora. Seus investimentos vão depender mais da sua capacidade de poupar, do que da instituição pela qual você fará investimentos. Não há mal nenhum em ter mais de uma corretora, pois assim podemos comparar preços de taxas e vantagens. Ter duas é suficiente para essa comparação. Além disso, a qualquer hora podemos passar nossos investimentos de uma corretora para outra. Essa mudança é feita através de um documento de solicitação de transferência de custódia. Todas as corretoras são obrigadas a enviar este documento para o investidor que solicitá-lo. Não existe nenhuma taxa de transferência. Conclusão No artigo de hoje vimos que uma boa corretora não deve cobrar nenhuma taxa para abertura de contas e que algumas corretoras oferecem taxas zero para alguns investimentos. Além disso, vimos que deve haver um boa qualidade no aplicativo da corretora, assim como nos canais de relação com o investidor. Gostou do artigo de hoje? Comente aqui embaixo! Obrigada!

Cada vez mais usamos o celular para nos informar diariamente sobre notícias, checar o saldo da conta corrente e pagar contas. Não seria diferente quando se trata de nossos investimentos. 

O aplicativo da corretora deve ser intuitivo, disponibilizando informações sobre saldo e divisão do portfólio. Os investimentos disponíveis para a compra também devem ser fáceis de achar.

Além disso, a corretora também deve oferecer um Home Broker eficiente em sua versão mobile, mostrando o preço atualizado dos ativos e as últimas ordens de compra e venda.

O App também não deve travar constantemente, nos possibilitando fazer modificações no nosso portfólio, assim como realizar transferências para nosso banco.

Um modo de saber se a corretora tem um aplicativo eficiente é ler os comentários dos usuários nas redes sociais. Se os comentários sobre o App forem mais negativos do que positivos talvez seja melhor pesquisar outra corretora.

3 – Canais eficientes de atendimento ao investidor 

O atendimento ao investidor deve ser a prioridade de uma corretora. Não existe algo mais frustrante do que não ter uma resposta rápida para uma pergunta sobre seus investimentos. 

Como intermediária entre você e seus investimentos, a corretora deve estar sempre disponível para resolver problemas. Aqui podem estar problemas como bloqueio de conta, informações sobre algum direito de subscrição ou migração de ações.

Para verificar se a corretora tem um bom canal de atendimento, observe nas redes sociais se elas respondem os comentários dos seguidores. Mandar um e-mail com perguntas também pode ser uma opção. As perguntas podem ser sobre taxas ou serviços exclusivos que elas oferecem. Assim, podemos ver se essa resposta é dada com agilidade. 

Além dessas opções, ainda existe o chat do site/App da corretora. Ao explorar esse meio, podemos sentir se o time da corretora oferece um atendimento personalizado.

Reforço mais uma vez que não existe a melhor corretora. Seus investimentos vão depender mais da sua capacidade de poupar, do que da instituição pela qual você fará investimentos.

Não há mal nenhum em ter mais de uma corretora, pois assim, podemos comparar preços de taxas e vantagens. Ter contas em duas instituições é suficiente para essa comparação.  

Além disso, a qualquer hora podemos passar nossos investimentos de uma corretora para outra. Essa mudança é feita através de um documento de solicitação de transferência de custódia. Todas as corretoras são obrigadas a enviar este documento para o investidor que solicitá-lo. Não existe nenhuma taxa de transferência.

Conclusão 

No artigo de hoje vimos que uma boa corretora não deve cobrar nenhuma taxa para abertura de contas e que algumas corretoras oferecem taxas zero para alguns investimentos. Além disso, vimos que deve haver um boa qualidade no aplicativo da corretora, assim como nos canais de relação com o investidor. 

Gostou do artigo de hoje? Comente aqui embaixo!

Obrigada!

Acredita que o planejamento e a educação financeira podem fazer com que qualquer meta de vida seja alcançada. Busca difundir a administração de dinheiro de forma simples e eficaz através de investimentos.